MACEIÓ,
PELAS PRAIAS URBANAS

A orla costeira mais fotogénica do país, as jangadas de Pajuçara e um calçadão que nunca acaba

PUBLICADO A 10 DE FEVEREIRO DE 2020 | VIAGEM DE 30 A 31 DE AGOSTO DE 2017

A capital do estado de Alagoas não me pareceu um lugar muito apetecível para visitar no Brasil mas depois de ter encontrado Maceió nas minhas pesquisas, senti-me quase na obrigação de saber mais sobre ele.

A cidade apresenta uma das orlas costeiras mais bonitas e fotogénicas do Brasil, com uma grande extensão de praias que são o foco do turismo. Tem um calçadão bastante arborizado e animado com a venda de produtos artesanais e vários mercados que atraem os visitantes, um conjunto de percursos e campos desportivos para os seus habitantes desfrutarem de um espaço que se tornou o coração da cidade.

Assim que saí da Bahia, atravessei o estado de Sergipe durante a noite para chegar a Maceió de manhã e passar um dia na cidade. Tal como já tinha feito noutras viagens, as deslocações durante a noite nos autocarros são muito tranquilas e permitem dormir descansado o percurso inteiro pelo grande conforto que proporcionam. É também a melhor forma rentabilizar o tempo para o aproveitar durante o dia.

Cheguei ao terminal de Maceió depois de uma viagem de mais de dez horas desde Salvador. Dirigi-me de seguida ao bairro de Ponta Verde onde ficava a casa da minha host,  a Lorena, que infelizmente não pode acompanhar-me durante o dia. Isso nunca seria problema e depois de deixar as minhas coisas no meu quarto, saí à rua para fazer o primeiro reconhecimento do local.

Praia de Pajuçara

Ainda era cedo e após uma primeira volta pelo calçadão, “estacionei” na primeira praia que me apareceu. Estou a falar da Praia de Pajuçara que, juntamente com a Praia de Ponta Verde e a Praia de Jatiúca, é das principais responsáveis pelo extenso areal que dão aquela imagem paradisíaca que torna Maceió o lugar de sonho de todos os turistas. Esta área da cidade está repleta de hóteis com vista para a praia, o desejo de qualquer pessoa que pretende ter umas férias tranquilas.

Maceió, pela praias urbanas_Num Postal
Maceió, pela praias urbanas_Num Postal
Maceió, pela praias urbanas_Num Postal

Praça dos Dois Leões

Fiquei a manhã toda a olhar para o horizonte mas depois de almoço já senti a necessidade de partir à descoberta do centro da cidade, embora Maceió não seja uma cidade com tanta tradição colonial e histórica como é Salvador, por exemplo. Foi assim, dei por mim na Praça dos Dois Leões que possuiu dois dos edifícios mais importantes da cidade. Em primeiro lugar, a Igreja de Nossa Senhora Mãe do Povo que com um ar muito modesto é a igreja matriz do bairro de Jaraguá. Do lado oposto de praça está o Museu da Imagem e do Sol de Alagoas (MISA), uma forma inteligente mostrar a história de Maceió e do estado através de fotografias, vídeos e discos antigos.

Maceió, pela praias urbanas_Num Postal
Maceió, pela praias urbanas_Num Postal
Maceió, pela praias urbanas_Num Postal

Jangadas de Pajuçara

Voltei novamente ao calçadão e à praia de Pajuçara onde apanhei um fim de tarde sensacional. Nesta praia podemos fazer passeios de jangadas às piscinas naturais, uma das actividades mais tradicionais da cidade que encantam os turistas. Só é possível fazê-lo com a maré baixa numa visita de 20 minutos que não foi possível porque os barqueiros já tinham fechado a loja.

Maceió, pela praias urbanas_Num Postal
Maceió, pela praias urbanas_Num Postal
Maceió, pela praias urbanas_Num Postal
Maceió, pela praias urbanas_Num Postal

Eu Amo Maceió

Continuei junto ao mar em direcção à Praia de Ponta Verde enquanto o dia ia terminando. Já que estava ali tinha de acabar de ver se me podia surpreender com mais alguma coisa. É claro,que não podia deixar de haver um letreiro a dizer “Eu <3 Maceió” para a felicidade dos turistas.

Maceió, pela praias urbanas_Num Postal
Maceió, pela praias urbanas_Num Postal
Maceió, pela praias urbanas_Num Postal

Da parte da noite fui com a minha host conhecer a vida nocturna da cidade onde cheguei a provar algumas comidas típicas da região como o famoso caldinho de camarão de Maceió. Como nem Maceió escapa às inseguranças do país, não ficamos muito tempo na rua e por isso acabamos por ir cedo para casa.

Mercado de Artesanato

Apesar de ter autocarro de manhã rumo ao próximo destino, ainda consegui fazer uma pequena escapadinha ao Mercado de Artesanato. Este espaço junto à praia de Pajuçara é dos mais conhecidos da cidade onde se encontra um pouco de tudo como rendas, esculturas de madeira, azulejos e cachaças regionais.

E depois?

Comprei as minhas lembranças, despedi-me da cidade e das pessoas que me receberam, antes de ir para o terminal rodoviário0. Esperava-me mais uma viagem de 4 horas, desta vez até Recife.

Em Maceió fui-me apercebendo com o pouco tempo em que lá estive que a melhor forma de visitar a região é com um carro. O estado de Alagoas é um dos lugares com as melhores praias do Brasil e as que preenchem a costa da cidade em nada condizem com a beleza que conseguimos encontrar na periferia. A Praia do Francês, Praia do Gunga, Praia da Sereira e Maragogi são só algumas das estâncias balneares que poderia continuar a enumerar. Por exemplo, na casa onde estive havia lá um rapaz que já estava em Alagoas há um mês em busca de novas praias e todos os dias era uma diferente…

Enfim… Olhando para trás e sabendo do pouco tempo que tinha, voltaria a fazer tudo da mesma forma. Com mais tempo, talvez encarasse Maceió como a base perfeita para me instalar e partir rumo a outros lugares muito mais surpreendentes pelo estado de Alagoas. Seja como for, as imagens que tinha na cabeça vieram comprovar tudo o que já esperava deste sítio incrível.

Maceió, pela praias urbanas_Num Postal

GOSTASTE DESTE ARTIGO? PARTILHA NAS REDES SOCIAIS

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on google
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

PLANEIA A TUA VIAGEM

Aqui encontras as ferramentas necessárias para ti e ainda podes ajudar-me ao usar estes links 🙂

Para encontrares os melhores voos uso sempre o Skyscanner ou o Momondo.

Reserva já a tua estadia no Hostelworld mas se quiseres mais algum conforto podes ver outras opções no Booking.

Contrata o teu seguro de viagem. Ao optares pela IATI Seguros viajas mais descansado e ainda tens 5% de desconto se usares este link.

Queres viajar e não sabes para onde? Com a Chocolate Box podes arriscar ir num destino que só conheces 48 horas antes do dia da viagem e com o meu código NUMPOSTAL10 tens 10% de desconto!

Autor do projecto Num Postal, arquitecto de profissão, fotógrafo nas horas vagas e apaixonado por viagens. Criei o blog para que não me escape nada das minhas aventuras pelo mundo, para partilhar com os outros e para eu reviver cada uma destas experiências! Depois de viver uma temporada no Brasil, percebi que há todo um universo lá fora para descobrir e desde então nunca mais parei de ir à procura de lugares desconhecidos.

FAZ PARTE DESTE PROJECTO

Deixa um comentário e partilha as tuas dicas

POSTS RELACIONADOS

Estes são alguns dos artigos que também poderás gostar de ler